22/08/2013

Quem sou

Desde minha pré-adolescência ao fazer desenhos, ler meus gibis, criar pequenas tiras e histórias, personagens e repetir desenhos em grafite me fizeram querer trabalhar com design de alguma forma. Mas como criança que era não imaginava que poderia viver financeiramente do que gostava de fazer, que bom que me enganei, porque não conseguia emprego de vendedor em loja nenhuma…

Então por conspiração do universo com a condução de Deus sempre estive trabalhando com tecnologia e arte e cheguei até aqui, no mundo fotográfico de onde tiro formas diversas de seguir fazendo minha arte, meu trabalho, minha forma de viver e traduzir o que penso, quer seguir comigo?

_MG_3579-LeoMachado-2015

Atualmente sou empreendedor nas empresas Fábrica de Imagem (Estúdio de ilustrações 3D, Fotografia e Design) e Robusta Premium Coffee (Hunter de cafés especiais).

Nascido em 1976, aos 12 anos iniciei na artes visuais num curso de letrista cartazista o que me introduziu no mercado no início fazendo trabalhos numa agência auxiliando a produção de outdoors, ali rolavam algumas artes em nanquim, com traços fracos decidi que queria seguir esse caminho, fazia alguns trabalhos freelance enquanto tinha um emprego em processamento de dados e programação.

Em 1993 abandonei programação de computadores e gerenciamento de redes para entrar no mercado de Design, perambulava no estúdio de revelações fotográficas e gerenciava o Estúdio Gráfico do jornal e nos primórdios da internet em 1994 fiz minha primeira (web page) que foi uma página de informática que eu escrevia semanalmente para aquele jornal diário em que eu trabalhava em Porto Velho – Rondônia, no mesmo ano criei uma web page semanal que era como um magazine eletrônico onde sobre festas, acontecimentos sociais, etc, se chamava cyberzine.

Em 1996 fui morar em Curitiba para trabalhar num estúdio gráfico na produção de matrizes em fotolito, tratamento de imagens em alta resolução ainda era coisa com nível de dificuldade alto e caro. Eu e uns amigos montamos lá um pequeno estúdio gráfico.

 

Mudanças à vista

De 1997 a 2000 montei um pequeno estúdio em sociedade, de lá saí para trabalhar em um outro estúdio e lá iniciei em algo que viria a se tornar minha veia, a produção de imagens digitais, montamos um estúdio fotográfico com equipamento fotográfico digital já em 2000, com coisa boa na mão! máquina e lentes nikon, flashes e tudo mais que precisava, porém precisava aprender.

A partir daí fiz o Curso de fotografia com Brasílio Wille no Solar do Rosário em Curitiba, curso que tem a chancela da PUC-PR, estágio, horas de folga e disputa por espaço como auxiliar no estúdio do Brasílio Wille e trabalhos, muitos trabalhos para aperfeiçoamento em fotografia, muita leitura e muitas tentativas.

 

Mais mudanças

Em 2003 de volta à Linhares montei um estúdio de design e estúdio gráfico, num mercado pequeno porém promissor reiniciei com a atividade fotográfica comercial e para eventos, fiz a cobertura de mais de 20 casamentos e associado ao estúdio de design montei uma gráfica rápida e em 2006 iniciamos a produção de imagens fotorrealistas em 3D, quase deixei de lado a fotografia devido o aumento das atividades em 3D.

Atualmente dedico tempos preciosos no treinamento de alunos que desejam entrar no mercado da arte fotográfica com o curso Fotografia Básica – princípios, teoria e prática e treinamentos VIP, além de consultoria na montagem de estúdios comerciais para indústrias na reprodução de texturas nos setores de móveis e granitos.

 

2 thoughts on “Quem sou

  • Leonardo Machado, conheço essa historia, coisa de gente que nao desiste mesmo! É por isso e um pouco mais que lhe admiro muito, profissional comprometido que prima pela qualidade tanto do produto acabado quanto do atendimento com respeito ao cliente.E nao posso deixar de mencionar o exemplo de pai, esposo e amigo. Pois bem, gente assim, esta em extinçao…rsrs..registro aqui meus sinceros parabéns, que Deus continue lhe abençoando muitissimo!!!!

    • Obrigado pelo apoio e reconhecimento Stella, vou escrever um pouco dessa história pra contar outra bem interessante.

Deixe uma resposta